Guia para iniciantes de Diablo parte 1

Hoje começaremos o Guia para iniciantes de Diablo parte 1 , em que as dúvidas de quem acabou de comprar e pretende jogar Diablo, devem ser esclarecidas em parte.

O guia para iniciantes de Diablo parte 1 explica sobre qual o melhor modo de jogo para iniciantes.

Também fala sobre a diferença básica entre as classes, personagens de temporada, hardcore, barra de habilidades e níveis de dificuldades.

Guia para iniciantes de Diablo parte 1

Com a iminente chegada do próximo Patch, e a expectativa para a nova Temporada,  vários amigos que ainda não tinham jogado Diablo 3 começaram a se mexer.

seus amigos ficaram tentados a comprar o jogo para se divertir com a turma?

Dessa forma, aproveitaremos para fazer um guia para iniciantes de Diablo parte 1, 2, 3 e por aí  vai, para ajudar seu amigo a entender melhor o jogo.

Primeiramente vamos esclarecer um ponto.

O guia foi feito supondo que você é novato e não tem ninguém para te ensinar os caminhos do jogo.

Talvez tenha um amigo, mas ele explica MAL para caramba as coisas e para não deixa-lo sem graça, acaba fingindo que entendeu tudo que ele falou.

Sendo assim, nada melhor que um guia escrito para consultar na hora da necessidade.

Ele será dividido em várias partes para que possa ler com calma e não se estresse com tanta informação junta de uma só vez.

Dica do guia para iniciantes de Diablo parte 1: Não pense que Diablo é só clicar e matar.

Se ainda está na duvida se compra ou não o jogo, assista o vídeo que falamos se “Vale a pena ou não jogar Diablo“, para te ajudar a decidir se quer jogar ou não.

Se já leu, curtiu e comprou, agora é hora de botar a mão na massa ou melhor no mouse e ir arrebentando os monstros pelo caminho.

Recomendação:

Minha primeira recomendação para você que está começando, é que jogue o modo campanha.

Dificilmente alguém recomendaria isso, já que é uma forma mais lenta de progredir no jogo, mas é um desperdício não jogar este modo tão rico.

menu-do-modo-campanha

A campanha do game é muito interessante, e pra quem está começando, ela não é muito difícil e mais a frente lhe darei dicas de como joga-la.

Ela tem um enredo muito interessante com desdobramentos legais e surpreendentes.

Recomendo inclusive que acesse o site oficial do jogo em diablo3.com e leia sobre a história para se inteirar sobre o que está acontecendo.

O site por sinal é muito bom e lhe dará um ótimo apoio em sua jornada por Santuário.

Agora vamos para a parte mais prática, que é de fato começar a jogar.

Você começa criando o seu personagem, escolhendo uma dentre as sete classes disponíveis, para simplificar vou categoriza-las em dois grupos para você escolher.

Classes / Personagens:

Temos as classes que lutam corpo a corpo que são os Bárbaros, Cruzados e Monges e as classes que lutam à distancia que são Caçadores de Demônio, Arcanistas, Feiticeiros e Necromantes.

Gostaríamos de lembrar, que ainda assim, essas classes podem conter builds que sejam diferentes de sua origem, podendo um Necromante atacar corpo a corpo, por exemplo.

Eu não vamos detalhar muito a diferença entre elas, senão só esse tópico renderia seis partes.

O jogador consegue ter uma ideia da diferença entre elas pelo próprio menu de criação de personagens.

Leia e escolha o que você mais se identificar.

Caso a dúvida persista, faça um pequeno teste com cada classe para essa difícil decisão.

Caçadora de Demônios

Temporada e Hardcore

Você também pode escolher se esse personagem irá ser de Temporada e/ou Hardcore.

Os personagem de temporada ou season, são aqueles em que você começa o jogo novamente, o que é indiferente para você que está começando agora.

No entanto, a temporada concede conquistas e cosméticos exclusivos, então eu recomendo que você escolha criar um personagem de temporada.

Caso marque também a opção hardcore, você irá jogar no modo em que morrer custa  tudo, inclusive a existência do seu personagem.

Isso mesmo, quando você opta pelo modo hardcore, saiba que morreu tem que recomeçar.

Você pode combinar modo hardcore com temporada, ou somente hardcore ou nenhum deles, aí seu personagem será o que chamamos de non-season, ou modo normal.

Modo Campanha ou Aventura

A seguir você irá escolher jogar modo campanha ou aventura.

Opte pelo modo campanha nesse momento e escolha a dificuldade normal.

A campanha é dividia em atos, você irá começar no Ato 1 próximo a Nova Tristram, não deixe de assistir as animações (cinemáticas) que são muito bem feitas.

Começando o jogo você usa o mouse para se deslocar e usar duas habilidades, mas apenas uma estará disponível no começo do jogo.

A medida que você progride no jogo, passando de nível, irá desbloquear novas skills que irão para sua barra de habilidades.

Sua barra de habilidades é composta por quatro espaços que estarão vinculadas aos botões 1, 2, 3 e 4 do seu teclado.

No entanto sua árvore de habilidades é muito maior que isso, você terá algo em torno de 23 habilidades distribuídas em categorias.

barra-de-habilidades-diablo

Essa é uma das diversões do Diablo, é escolher as seis habilidades (quatro no teclado e duas no mouse), que serão usadas pelo seu personagem no meio de tantas possibilidades.

E não é só isso, cada habilidade tem cinco runas diferentes que mudam o efeito que aquela habilidade causa.

Complicado?

Imagina, além das runas, você tem que levar em consideração qual elemento que ela usará para aplicar dano nos monstros.

São sete elementos, Gélido, Ígneo, Arcano, Físico, Venenoso, Sagrado e Elétrico.

Fritou sua mente?

Calma que aos poucos você vai pegando o jeito.

cabeca-de-fumaca

Não é para se desesperar, mas essas eram somente as habilidades ativas.

Tem outra categoria que são as habilidades passivas.

São habilidades que você irá escolher e elas lhe garantirão um bônus constante para seu personagem que estarão permanentemente ativada.

Você poderá escolher quatro habilidades passivas dentre algo em torno de dezenove .

Essas 4 possibilidades estarão constantemente ativas sem necessidade de você aciona-la, por isso elas são classificadas de habilidades passivas.

Mas o jogo é bem escalonado nesse aspecto.

Isso tudo não estará disponível para você logo de cara.

O jogo irá liberando isso a medida que progride de forma que entenderá isso como uma progressão normal e detalhada.

Por isso, eu recomendo que comece jogando no modo campanha no nível normal de dificuldade.

Tire esse tempo para poder testar a maior quantidade de habilidades possíveis para conhecer bem a classe escolhida para jogar e conseguir se localizar nos guias futuros.

E aproveite bem para se deliciar com a historia do jogo.

A campanha tem algo em torno de 25 horas de jogo, se fizer tudo sem pressa explorando todos os cantos possíveis.

E acredite isso será importante futuramente!

Para o início é isso por enquanto.

Na próxima parte irei explicar qual o melhor equipamento para usar no modo campanha na dificuldade normal.

Além de como você pode analisar quando é hora de trocar uma arma por outra e sobre os artesãos.

Curtiram o guia para iniciantes de Diablo parte 1?

Confira nossos guias para iniciantes acessando AQUI.

Até a Próxima!

Matéria Escrita por: Marco Lúcio
Canal do Twitter: @marcolucio84

About The Author

Carioca, Botafoguense, Diableira, eterna estudante em Administração. Aprendiz de Alemão e ociosa nas horas vagas. Participo da equipe Coja Gamer desde janeiro de 2013 e integrei a equipe de MVP 2.0 do fórum oficial de Diablo, de julho de 2015 até março de 2018. Perambulo pelo twitter e instagram como @makotonaveia

Related Posts