Lore dos Necromantes – Stay Awhile, and Listen!

O CM Tyvalir publicou na página oficial do jogo a Lore dos Necromantes.

É muito bom que isso aconteça, pois nem todos tem ideia da história deles ou da sua origem.

O intuito dessa postagem, é familiarizar jogadores que não conheçam com detalhes da história do personagem.

Mesmo os jogadores de Diablo II, podem ter dúvidas sobre o que é equilíbrio e de onde os necromantes vêm.

Quando eles teriam começado a praticar as artes sombrias?

Lore dos Necromantes:

A vida de Rathma

O Santuário foi criado quando anjos e demônios cansados de um conflito eterno, em um acordo de paz, criam conjuntamente um local “escondido” de convivência.

Como de se esperar, com isso afinidades são criadas e histórias de “amor” surgem, como a de Inárius e Lilith.

Da relação afetiva deles, nascem os primeiros nefaléns, o medo do desconhecido brotou em ambos os lados.

Com potencial de superar seus pais, tornaram-se um perigo sem tamanho.

Enquanto Inárius tentava contornar a situação, Lilith de forma precipitada matou todos os anjos e demônios restantes para evitar que machucassem os nefaléns.

Revoltado com o que aconteceu, Inárius bane Lilith.

Notando que os nefaléns, cada dia ficavam mais fortes, ele decide modificar a Pedra do Mundo para enfraquece-los.

Passado algumas gerações, os descendentes dos primeiros nefaléns já não se recordam de seus antigos poderes e tornam-se os humanos que atualmente habitam o Santuário.

Linarian (filho de Inárius) se rebela e sai a procura de aliados com os mesmos objetivos.

Ele nesta época, descobriu a existência do Equilíbrio, uma linha tênue que divide os poderes da Ordem e do Caos.

Linarian resolve mudar seu nome para Rathma e dedicou-se a manter Santuário fora de alcance do Paraíso Celestial e do Inferno Ardente.

Mendeln, o aprendiz

Ele foi o primeiro aprendiz de Rathma, recrutado quando Lilith retornou “escondida” a Santuário.

A Pedra do Mundo foi alterada para o fortalecimento dos nefaléns, e com isso Lilith mais uma vez é banida por Inárius.

Infelizmente forças do Inferno Ardente e do Paraíso Celestial invadem Santuário.

Os nefaléns foram poupados, mas novamente tiveram suas memórias roubadas e com isso esquecendo inclusive de seus poderes, que são reduzidos mais uma vez por uma nova alteração na Pedra do Mundo.

Mendeln, permanece com sua memória graças a Rathma, mas sem o conhecimento dos anjos e demônios.

Assim, modifica seu nome para Kalan (que significa professor) e peregrina em função de manter o Equilíbrio.

mendeln

Os Sacerdotes de Rathma

Nos anos que seguem, Mendeln funda os Sacerdotes de Rathma, conhecidos como Necromantes.

Os primeiros sacerdotes habitaram as selvas a leste do Kehjistão.

Mendeln ensinava e compartilhava seu conhecimento sobre o Equilíbrio, registrando no Livro de Kalan.

Após o treinamento, os discípulos saíam mundo afora na missão de evitar perturbações no Equilíbrio.

A missão de todos os sacerdotes, era  recrutar e treinar novos aprendizes.

A serviço do Equilíbrio

Os necromantes aprendem a controlar as emoções, para evitar que sejam consumidos pelo poder das artes sombrias que manipulam.

Por esse motivo, e devido a sobriedade necessária, o mundo externo, acredita que sejam movidos por desejos obscuros.

sacerdote-necro

O Necromante e o Errante Sombrio

Em Diablo II, o Necromante derrota os Males Inferiores e os Males Supremos (conheça um pouco mais dos males, acessando AQUI).

Esse necromante, toma Mehtan como aprendiz, em Diablo III, e ajudamos a restaurar o Equilíbrio por diversas vezes com ele em missões no jogo.

Leia o post original acessando AQUI.

Confira também a nossa matéria sobre as novas áreas dentro do jogo acessando AQUI.

Curtiu conhecer um pouco mais do personagem e suas origens?

O que achou da lore dos necromantes?

Compartilhe conosco suas histórias com essa classe tão interessante.

Um beijinho e até a próxima!

About The Author

Carioca, Botafoguense, Diableira, eterna estudante em Administração. Aprendiz de Alemão e ociosa nas horas vagas. Participo da equipe Coja Gamer desde janeiro de 2013 e integrei a equipe de MVP 2.0 do fórum oficial de Diablo, de julho de 2015 até março de 2018. Perambulo pelo twitter e instagram como @makotonaveia

Related Posts